Menu
|
|

Detalhes

Interpretar e traduzir o imaginário de Roald Dahl

Interpretar e traduzir o imaginário de Roald Dahl

autor:
Coord.: Rogério Miguel Puga
 
editor:
BNP
 
edição:
1
 
ano de publicação:
2016
 
idioma:
Português
 
ISBN:
9789725655853
 
nº de páginas:
72
 
formato:
ileio (leitura online e APP)
 

Assinalando o 100.º aniversário do nascimento de Roald Dahl (1916‑1990), um dos mais conhecidos autores britânicos de livros infantis do século XX, em parte devido às adaptações da sua obra ao cinema e à televisão, a Biblioteca Nacional de Portugal (BNP) publica um catálogo das suas obras (traduções), bem como das obras sobre ele existentes no seu acervo, acompanhado por três estudos: uma extensa introdução à sua obra, da autoria de Rogério Miguel Puga, um texto que incide sobre os desafios da sua tradução, da autoria de Luísa Ducla Soares, a mais conhecida tradutora de Roald Dahl, e um último sobre o papel da tradução na divulgação das obras infantis de Roald Dahl em Portugal, da autoria de Ana Brígida Paiva.

O catálogo surge na sequência da mostra «Potter150/Dahl100: traduções portuguesas» e da conferência «Potter 150 / Dahl 100» que decorreram em 2016 na BNP.
As obras de Roald Dahl são normalmente contadas a partir do ponto de vista da criança, que enfrenta e comenta a ação de adultos vilões, e em que a bondosa personagem infantil acaba sempre por triunfar sobre o mal e a violência dos adultos, denunciando muitos dos seus absurdos e injustiças.

Dahl é ainda conhecido por rentabilizar criativamente a sonoridade e os ritmos possíveis e até impossíveis da língua inglesa, utilizando sons atrativos para crianças, brincando com as palavras através de onomatopeias, homofonias, malapropismos e spoonerisms, criando novos termos que as crianças descodificam facilmente por serem propositadamente semelhantes a palavras que já conhecem.

Destaque-se que, além da ficção para crianças e jovens, Dahl escreveu também ficção e não-ficção para adultos, por exemplo, mais de 60 contos, muitos dos quais macabros e com finais inesperados, o romance My uncle Oswald (1979), criticado devido ao erotismo (considerado) excessivo e de «mau gosto», guiões de filmes, como You only live twice (1967), um dos episódios da saga James Bond (007), etc.

Informação indisponível.

Informação indisponível.
Pessoal
Tipo de Licença Permissões de impressão
Acesso Perpétuo 7 páginas a cada 30 dias
Aluguer nao permitido


Leitura online: um utilizador por sessão (sem simultaneidade)
Leitura offline (com a APP): máximo de 2 dispositivos em simultâneo

Institucional

Se o e-book que deseja adquirir se destinar a uma biblioteca ou instituicao por favor contacte a MARKA Lda para mais informacoes:

Email: [email protected]
Telefone: + (351) 21 322 4040
Fax: + (351) 21 322 4044


Morada:
Rua dos Correeiros, 61,3º Andar
1100-162 Lisboa
Portugal

Pagamentos

PayPal Visa MasterCard American Express ATM

Contactos

tlf (+351) 21 322 4040
fax (+351) 21 322 4044
[email protected]